Loading...

Parque Solar Fotovoltaico de São Pedro de Atacama, Chile

Efacec

Projecto

Efacec construiu a central de energia solar no Chile, impulsionando a produção de energia renovável, e fornecendo infraestruturas e emprego à comunidade local.

A visão global da Efacec é antecipar soluções para um mundo sustentável na nova era energética. O Parque Solar de São Pedro de Atacama demostra a capacidade da Efacec de concretizar a sua visão e contribuir, diretamente, para o esforço mundial de aumentar a participação de energias renováveis na matriz energética global. Localizado na periferia de São Pedro de Atacama, uma das poucas cidades do deserto de Atacama, com pouco mais de três mil habitantes, e situada a 2.400 metros de altitude, o Parque Solar Fotovoltaico de São Pedro de Atacama (San Pedro III e San Pedro VI) distribui-se ao longo de 250 hectares. Com capacidade instalada de 57MW, e produzindo cerca de 177 GWh por ano, este parque possui 186 mil painéis solares, o equivalente a ir do Porto a Fátima, se colocássemos os painéis em fila.  Este é considerado o parque fotovoltaico com o maior fator de capacidade no mundo.

O Parque Solar de São Pedro de Atacama representou um desafio para a Efacec, que desenvolveu uma solução EPC (Engineering, Procurement and Construction) ’chave-na-mão’, integrando engenharia de detalhe, compras, logística, obras de construção, montagem, comissionamento, estudos arqueológicos e levantamento detalhado do terreno. Para responder às dificuldades da localização, como libertação de poeiras provenientes da área mineira, a Efacec encontrou soluções inovadoras, que se traduziram na realização de um robô para limpeza dos painéis solares, sem água, projeto esse que conquistou um prémio de inovação e que contribui para a evolução das tecnologias de energia renovável.

O projeto também teve um impacto social positivo no local de atuação. No decurso da construção, os colaboradores da Efacec foram confrontados com a existência de inúmeras comunidades indígenas sem abastecimento elétrico e com água muito escassa. Tendo como foco importante as preocupações sociais, particularmente quanto à melhoria das condições de vida dos locais e à promoção do emprego, a Efacec instalou, em quatro povoações andinas, sistemas de iluminação, refrigeração e congelação, com alimentação assegurada por sistemas fotovoltaicos off-grid.

O Parque Solar de São Pedro de Atacama é um projeto exemplar que contribui para os Objetivos de Desenvolvimentos Sustentável.  Reforça, de forma direta, o ODS 7, que promove o acesso a fontes de energia fiáveis, sustentáveis, e modernas para todos. Ao mesmo tempo, contribui para o crescimento económico e trabalho digno promovido pelo ODS 8.

Impactes quantitativos e qualitativos

Foram instalados 57MW ao longo de 250 hectares, traduzindo-se em mais de 186 mil módulos fotovoltaicos contribuindo, diretamente, para o ODS 7 – Energias Renováveis e Acessíveis. O projeto fornece uma produção anual de eletricidade renovável e limpa superior a 177GWh/ano, ou 2.678 kWh/m2 com um fator de capacidade médio de 35%, produzindo o equivalente à energia consumida por mais de 60 mil lares do Chile, anualmente, e suprindo as necessidades energéticas das populações mais próximas.

A nível do desenvolvimento de uma solução inovadora para manutenção dos painéis fotovoltaicos através de um robô, a mesma representou uma poupança de 20% nos custos de operação e manutenção do parque.

Adicionalmente, este projeto também teve um impacto positivo direto junto das comunidades indígenas da região de Atacama, onde o projeto original se inseriu, nomeadamente nos municípios de Ayquina, Cupo, Toconce e Caspana. Com a promoção de 300 postos de trabalho locais temporários durante o projeto de construção e cinco postos de trabalho locais permanentes na operação e manutenção da Estação Fotovoltaica, este projeto também contribui positivamente para o ODS 8 – Trabalho digno e Crescimento Económico.  A Efacec instalou, nestas quatro povoações, e no seguimento de protocolos de colaboração e na presença de técnicos locais, 38 postes de iluminação com sistema stand-alone fotovoltaico e seis sistemas completos de refrigeração e congelação alimentados por sistemas fotovoltaicos autónomos de backup.

Mais informação do projecto
2019-05-22T15:00:14+01:00